Genis Schmaltz Neto apresenta o trabalho “O imaginário sob a perspectiva ecológica da linguagem”. Foto: Rennan Mager